Pesquisar este blog

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

RETROSPECTIVA 2014: MELHORES FILMES FORA DO CIRCUITO

Em 2014, acabei fazendo uma retrospectiva mais enxuta aqui para o blog. Fico devendo para 2015 as categorias de piores filmes e melhores cartazes, que não tive tempo hábil de fazer dessa vez. Segue abaixo a última parte das seleções de melhores para mim: os meus preferidos entre os filmes fora do circuito a que assisti. Diferentemente do ano passado, a lista não está em ordem de preferências, mas as notas de cada um diferem bem pouco entre si. A ordem, dessa vez, é cronológica, e o único critério foi não repetir diretor. Ainda assim, chegar aos 30 não é nada fácil. Vamos aos escolhidos e até 2015!

1. O rei da comédia (1982), de Martin Scorsese



2. Bala na cabeça (1990), de John Woo



3. 2046 - Os segredos do amor (2004), de Wong Kar-Wai



4. Pai e filha (1949), de Yasujiro Ozu



5. Questão de tempo (2013), de Richard Curtis



6. Luzes da ribalta (1952), de Charles Chaplin 



7. Clean (2004), de Olivier Assayas



8.  Rumba (2008), de Bruno Romy, Fiona Gordon e Dominique Abel



9. Uma mulher sob influência (1974), de John Cassavetes 



10. Only yesterday (1991), de Isao Takahata 



11. De volta para o futuro 2 (1989), de Robert Zemeckis 



12. O pianista (2002), de Roman Polanski 



13. O pagamento final (1993), de Brian De Palma 



14. Star wars episódio IV - Uma nova esperança (1977), de George Lucas



15. O nevoeiro (2007), de Frank Darabont



16. O amigo da minha amiga (1987), de Eric Rohmer



17. 3 idiotas (2009), de Rajkumar Hirani 



18. O deserto dos tártaros (1976), de Valerio Zurlini



19. O serviço de entregas da Kiki (1989), de Hayao Miyazaki



20. Contrastes humanos, de Preston Sturges 



21. Conta comigo (1986), de Rob Reiner



22. Dersu Uzala (1975), de Akira Kurosawa



23. Imitação da vida (1955), de Douglas Sirk 



24. Phenomena (1985), de Dario Argento



25. Disque M para matar (1954), de Alfred Hitchcock



26. Locke (2013), de Steven Knight 



27. Um lobisomem americano em Londres (1981), de John Landis



28. Louca paixão (1971), de Paul Verhoeven



29. Ariel (1988), de Aki Kaurismäki



30. Mother - A busca pela verdade (2009), de Joon Bong-Hoo


domingo, 28 de dezembro de 2014

RETROSPECTIVA 2014: MELHORES ROTEIROS

Elenco e direção costumam ser pontos bastante valorizados nos filmes, mesmo entre os não-cinéfilos. Contudo, um bom roteiro também é de suma importância para o bom andamento de uma história, muita vezes, sobressaindo-se aos demais aspectos de um filme. Pensando nisso, elegi meus 10 roteiros prediletos dentre os filmes lançados em circuito comercial durante este ano, entre textos originais e adaptações. Seguem abaixo meus eleitos em ordem de preferência: 

1. Richard Linklater, por Boyhood



2. Spike Jonze, por Ela



3. Terrence Winter, por O lobo de Wall Street



4. Fernando Coimbra, por O lobo atrás da porta



5. Hirokazu Koreeda, por Pais e filhos



6. Walter Campbell e Jonathan Glazer, por Sob a pele



7. Wes Anderson, por O grande hotel Budapeste



8. Daniel Penac, por Ernest e Célestine



9. Laurent Herbiet e Alain Resnais, por Amar, beber e cantar



10. Marc Cholodenko, Caroline Deruas-Garrel, Philippe Garrel e Arlette Langmann, por O ciúme


sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

RETROSPECTIVA 2014: MELHORES ATRIZES E ATORES COADJUVANTES

"Não existe papel pequeno, existe ator pequeno". Feita essa importante ressalva, posso apresentar meus 10 escolhidos, entre atores e atrizes, que exerceram a função de coadjuvantes em longas-metragens exibidos no circuito comercial ao longo de 2014. Com quaisquer outras seleções, é sempre difícil escolher uns e não outros, mas o resultado final até que chega bem perto do satisfatório. 

Os nomes que figuram no ranking abaixo, também disposto em ordem de preferência, dividem-se em escolhas óbvias e outras nem tanto e merecem ser lembrados não apenas este ano, mas pelos próximos. São papeis ricos em possibilidades concedidos por diretores seguros do que pretendem fazer. Apenas a título de desforra pessoal: foi um enorme prazer esnobar Jennifer Lawrence, deixando-a completamente de fora do meu top. Sua personagem em Trapaça é uma das coisas mais irritantes que já vi na minha caminhada cinéfila. Eis meus favoritos: 

ATRIZES

1. Patricia Arquette, por Boyhood




2. Lupita Nyong'o, por 12 anos de escravidão




3. Tilda Swinton, por O grande hotel Budapeste




4. Jacqueline Bisset, por Bem-vindo a Nova York




5. Eileen Atkins, por Magia ao luar





ATORES

1. Jared Leto, por Clube de compras Dallas




2. Michael Fassbender, por 12 anos de escravidão




3. Jonah Hill, por O lobo de Wall Street




4. Jesuíta Barbosa, por Praia do Futuro




5. Adrien Brody, por O grande hotel Budapeste